Clique aqui e navegue pelas categorias de experiências

Dez lugares para visitar na Mooca, meu!

Roteiro SPXP traz dicas de lugares para visitar na Mooca

A Mooca é o bairro mais italiano de São Paulo. Apesar disso, seu nome tem origem indígena. Há duas versões para essa história. Uma diz ser Moo, de construção e Oca de casas, e teria sido denominado por um índio que viu o bairro começar a ser povoado em 1556. O mesmo nome Mooca também teria significado para “Casa de Parente”. Origens à parte, o roteiro SPXP traz dez dicas para aproveitar o melhor da cultura gastronômica desse reduto italiano regado a vinho, massas, pizza e muita história. Mangia que che fa benne!


MUSEU DA IMIGRAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

O Museu da Imigração existe para preservar toda a história das pessoas que chegaram ao Brasil por meio da Hospedaria de Imigrantes, como os italianos. No espaço, além da exposição permanente: “Migrar: experiências, memórias e identidades”, é possível visitar o jardim, que tem cerca de 2.900 m², com várias espécies de plantas e árvores centenárias — algumas com mais de meio século de existência. O espaço já está aberto seguindo todos os protocolos de segurança e distanciamento social.

Museu da Imigração do Estado de São Paulo - Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca


NOS TRILHOS E PASSEIO DE MARIA FUMAÇA

O Nos Trilhos é um local no coração da Mooca, onde trens do início do século XX são restaurados, com o intuito de valorizar o patrimônio e a preservar a história das ferrovias de São Paulo. Lá ainda funciona um projeto para desenvolver arte e cultura. Para se ter uma ideia, no local há uma Maria Fumaça de 1922, que ainda funciona, e o passeio, um trajeto de aproximadamente 20 minutos, proporciona aos passageiros o conhecimento sobre a história e as práticas das antigas viagens de trem, além de remeter à chegada dos italianos ao bairro.

Nos Trilhos - Rua Visconde de Parnaíba, 1253 – Mooca


JUVENTUS

Símbolo da imigração italiana, o Clube Atlético Juventus, fundado em 1924, é um complexo esportivo de cerca de 80 mil metros quadrados. Até quem não é sócio do clube pode aproveitar as facilidades que o espaço oferece, como piscina, sauna e academia de ginástica, mediante a taxa de R$ 50,00. Ainda é possível fazer uma visita monitorada para conhecer as dependências do clube e o Estádio Conde Rodolfo Crespi. O passeio é gratuito. 

Clube Atlético Juventus - Rua Comendador Roberto Ugolini, 20 - Parque da Mooca


IGREJA DE SAN GENNARO

Claro que a Mooca teria o seu santo de devoção: San Gennaro, ou São Januário, em português. O dia do padroeiro é celebrado em 19 de setembro e, para a comemoração, o lugar ideal é Igreja de San Gennaro, fundada no bairro em 1914. A grande festa é realizada há 47 anos e se tornou um dos eventos de rua mais populares de São Paulo, fazendo parte do calendário oficial da cidade. Este ano, as delícias da festa foram entregues e o evento rolou em formato delivery.

Paróquia San Gennaro - Rua da Mooca, 950 - Mooca

A PIZZA DA MOOCA

Para falar de Mooca, temos que falar de comida. E que tal uma pizza? Inaugurada em 2011, a Pizza da Mooca é pequena, descolada e tem um belo forno a lenha à vista. A casa aposta na receita napolitana de borda grossa e massas de longa fermentação, indo na contramão dos estabelecimentos tradicionais da Mooca. São pizzas individuais feitas para se comer com as mãos.

A pizza da Mooca - Rua Guaimbé, 439 - Mooca


DON CARLINI

História e gastronomia se encontram no Don Carlini. Instalado em um casarão dos anos 50, desde 1985, o restaurante vende suas massas de fabricação própria, trazendo opções diversificadas de pratos típicos napolitanos. Entre os mais pedidos, o spaguetti al gamberi, feito com camarões, pimentões verdes e vermelhos puxados no alho e óleo.

Don Carlini  - Rua Dona Ana Néri, 265 - Mooca

 

CONFEITARIA DI CUNTO

E a sobremesa? Tem também. Criada por um imigrante napolitano recém-chegado ao Brasil, em 1935, a Di Cunto é uma das confeitarias mais tradicionais do País. Famosa por seus sorvetes e deliciosos cannolis, a casa oferece também uma iguaria típica do sul da Itália, a sfogliatella: uma delicada massa folhada, preenchida de ricota e frutas cristalizadas. Experiência única para o paladar.

Di Cunto - Rua Borges de Figueiredo, 61/103 - Mooca


BOX DO VINHO

Não poderia faltar um bom vinho nessa lista. O Box do Vinho é um pequeno salão de esquina com mesas na calçada e grande variedade de bebidas, em um cardápio que contempla vinhos e espumantes. Para acompanhar os rótulos da casa, a pedida é uma bela burratta, preparada com  jámon, azeite extravirgem e ervas finas. 

Box do Vinho - Rua Porto Alegre, 336 - Mooca


CASARÃO DO VINIL

Mas, nem só de pão vive o homem. Já dizia a música que “a gente não quer só comida…”. E uma curiosidade do bairro é o Casarão do Vinil: um dos melhores lugares para comprar discos em São Paulo. Também pudera, são mais de 700 mil LPs espalhados pelo imóvel, um verdadeiro casarão da década de 1940. A experiência é válida para fãs de música e é considerado um passeio alternativo até para quem não vai comprar nada. 

Casarão do Vinil - Rua dos Trilhos, 1212

BAR DA MOOCA

E, claro que essa lista precisava ter um bar. Em um charmoso casarão dos anos 50, inspirado na comunidade italiana, o Bar Mooca é um dos mais tradicionais do bairro e reúne famílias e amigos ao redor da mesa. O cardápio conta com opções de massas, grelhados e frutos do mar, além de lanches, saladas, antepastos e petiscos, sem falar no chope servido sempre gelado.

Bar da Mooca - Rua Doutor João Batista de Lacerda, 728.

 

Texto por Christiane Disconsi

Postagem anterior
Postagem seguinte

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Fechar (esc)

Inscreva-se para fazer parte do nosso clube social e ter acesso a vantagens especiais

Age verification

By clicking enter you are verifying that you are old enough to consume alcohol.

Buscar

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.
Comece a comprar